“A educação é a mentora do nosso sucesso” – Entrevista com Marquinhos Amorim

por Iury Aragão publicado 10/02/2021 11h02, última modificação 10/02/2021 11h02

 

#NovosVereadores

Enquanto motorista de ambulância, Marquinhos Amorim foi percebendo que deveria ir além da condução do veículo: “Vi que a função não era apenas de ser motorista, mas de levar o paciente, de cuidar dele, de conversar com o médico, de buscar um atendimento com atenção”. Durante anos esteve reticente em entrar na vida pública, mas percebeu que no legislativo poderia continuar suas lutas em prol da saúde, da educação, dos servidores públicos. Nessa entrevista, Amorim conta um pouco de sua história e projeta suas ações como vereador.

Como tem sido sua atuação enquanto servidor da prefeitura de Petrolina?

Comecei como servidor público aos 18 anos de idade. Fui concursado em 1994, assumindo o concurso em 8 de fevereiro e, a partir de então, fui prestando serviço à sociedade como condutor de ambulância. Nessa profissão, fui gostando do que fazia e vi que a função não era apenas de ser motorista, mas de levar o paciente, de cuidar dele, de conversar com o médico, de buscar um atendimento com atenção. Devido a isso, fui construindo uma história, com os anos passando e as pessoas colocando em mim essa ideia de eu entrar para a política. Num primeiro momento não quis, mas o nosso trabalho do dia a dia, um trabalho de carinho com as pessoas, me levou a pensar na ideia. Sou servidor público e tenho amor ao que faço.

E sobre esse processo de você ir ao legislativo?

Devido à minha atuação como motorista, de ir prestando um bom serviço, de as pessoas me virem com bons olhos, elas foram me incentivando em entrar na vida pública como vereador. Fui resistindo, como em 2008, que eu não quis. Tentei em 2012, mas adoeci e fiquei internado. Eu estava como candidato, mas não pude participar da campanha, e, mesmo assim, tive mais de 500 votos. Ainda fiquei sem querer participar, não trabalhei minha projeção, mas, de última hora, me candidatei em 2016 e tive o apoio de 1.067 amigos. Quando vi essa votação, percebi que o pessoal me apoiava mesmo e comecei a trabalhar para uma candidatura. Nessa campanha de 2020 tivemos muitos amigos, e sou muito grato a Deus por isso, e conseguimos 1.615 votos.

Você ainda é o presidente da Associação de Motoristas e Operadores de Máquinas de Petrolina?

Estou finalizando meu mandato e logo vai ter uma nova eleição. Foi um momento muito bom em que estive na Associação, porque pudemos conquistar muitas coisas para os colegas e tivemos vários êxitos, como uma gratificação que estava amortizada há mais de 10 anos e conseguimos resgatar e atrelar ao salário mínimo. Agora, como vereador, podemos intensificar essas batalhas.

Quais são essas batalhas?

Para nós, que somos motoristas, poderíamos ter um plano de cargo e carreira, para que uma aposentadoria pudesse ser encaminhada. Quando não temos êxito no salário de categoria, a gente acaba sobrevivendo apenas com um salário mínimo. Então, trabalhamos para conseguirmos um salário de categoria, para que tenhamos um salário-base.

Você é de Rajada. Quais seus planos para a localidade?

Sou filho nato, sou rajadense. Busco uma vida melhor para a pessoas, como que tenham bom atendimento na saúde, com elas não tendo que se deslocar muito, que tenham atendimento mais digno. Vou buscar também implantar alguns tipos de exames, como ultrassom, eletro, raio-x e outros. A Unidade de Saúde de Rajada leva o nome do meu tio Plínio Amorim e eu quero – por honra ao nome dele e por ter sido uma pessoa tão dedicada à saúde – que aquela AME [Ambulatório Médico de Especialidades] não tenha só o seu nome, mas a presença viva do dele.

Também quero dar oportunidades aos jovens, que eles tenham opções de qualificação por lá, que não precisem se deslocar até Petrolina e que possam atuar dentro da cadeia produtiva da região, como com a caprino-ovinocultura ou em outras áreas.

A infraestrutura também é importante. O prefeito Miguel Coelho tem nos atendido muito bem, com pavimentação de dez ruas, melhoria da iluminação pública, repasse de mais uma ambulância. E vamos buscar mais, como ampliação de saneamento, da pavimentação, e mais atenção à população do interior.

Para você, como é essa convivência entre Rajada e Petrolina?

Hoje eu me divido entre Petrolina e Rajada. Moro aqui em Petrolina e meus pais em Rajada. Sempre estou presente por lá. Como condutor de ambulância, pedi para retornar à minha origem, à minha base, que é Rajada, para estar mais próximo das pessoas, para que eu possa ver a situação e as demandas mais de perto. Há muito dessa conexão Petrolina-Rajada, pois muitas pessoas que moram lá, trabalham aqui, e eu também faço muito essa interligação. Eu tenho que representar a cidade de Petrolina como um todo, o que inclui minha querida Rajada e também todas as outras localidades.

Quais são suas principais pautas na Câmara de Vereadores?

São várias. Vou falar de algumas. Eu sou da categoria de servidor municipal de motorista, mas vou lutar por todas as categorias. Algumas delas já estiveram aqui na Câmara comigo, já ouvi as demandas. Eu, como servidor público, devo representar todas elas. Estou aberto, quero ouvir, quero dialogar para eu saber das necessidades.

Temos a saúde, como eu já falei, e a educação, que é a base de tudo, é a mentora do nosso sucesso. Vamos buscar que os jovens e as pessoas que pararam de estudar tenham acesso, como a cursos profissionalizantes, assim como incentivar que façam o Enem para que se insiram no ensino superior. Vou buscar parcerias com instituições, como Sebrae, Embrapa, Codevasf, Institutos Federais de Educação, Senac. Tudo isso para que possamos inserir na sociedade um entendimento melhor sobre a importância da educação e para que a população tenha boa orientação sobre qual caminho escolher e que consiga boa formação. E também podemos ajudar para que as pessoas escolham fazer algo que amem. A questão financeira é importante, mas devemos ter uma profissão pela qual nós temos amor.

E, claro, a questão da infraestrutura, como saneamento, estradas, postos de saúde. Tudo que é fundamental para a vida das pessoas, devemos buscar ajudar através da Câmara. Devemos ouvir a população para saber suas necessidades. Tenho o pensamento de que quem ouve mais, acerta mais. Então procuro escutar mais, acertar mais e sempre dando o meu melhor.

Quais suas expectativas para essa legislatura?

Estou muito animado, pois temos um prefeito aguerrido, determinado, que tem uma vontade extraordinária de trabalhar, vendo, ouvindo, correndo atrás, conversando com a iniciativa privada, com ministros. Por estar do lado de um prefeito que tem essa determinação, fico animado em poder contribuir com o crescimento da nossa cidade. Estou muito confiante que faremos um grande trabalho junto com os demais vereadores.

 

 

 

 

error while rendering plone.comments