Casa Plínio Amorim: sessão desta quinta-feira terá participação do tio dos garotos assassinados em Petrolina

por Natalia publicado 04/04/2019 11h25, última modificação 04/04/2019 11h25

A sessão ordinária da Casa Plínio Amorim desta quinta-feira (4), terá com a presença do tio de Gustavo Vitor de Souza e Emanuel Carlos Souza, brutalmente assassinados em Petrolina. Wanderson Luiz dos Santos conta com o apoio da Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Casa Plínio Amorim, para expor a fragilidade da família à sociedade petrolinense.

De acordo com o tio das crianças, antes de serem mortos os irmãos Gustavo, de 13 anos e Emanuel Carlos, de 11 anos, foram brutalmente torturados, com pauladas, e tiveram as unhas arrancadas; um crime com requintes de crueldade. Na ocasião, Wanderson fará um apelo para os órgãos de segurança e políticos locais pela elucidação dos homicídios.

Na segunda-feira (1º) os vereadores Gilmar Santos (PT) e Paulo Valgueiro (PMDB), presidente e relator, respectivamente da Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Casa Plínio Amorim, estiveram na casa da família dos garotos para manifestar condolências e oferecer assistência.

Já na sessão ordinária da última terça (2), o vereador Gilmar Santos apresentou uma moção de pesar, subscrito pelos vereadores presentes na sessão, a exemplo de Paulo Valgueiro, Domingos de Cristália (PSL) e Cristina Costa (PT).

A Comissão de DHC assumiu o compromisso com a família de acompanhar as investigações policiais sobre o crime e exigir políticas públicas que protejam a vida das nossas crianças e adolescentes.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.