História de luta, dedicação e renascimento: destaques na sessão solene de entrega do título de cidadã petrolinense à jornalista Mônia Ramos

por Waldiney Passos publicado 12/10/2019 21h35, última modificação 13/10/2019 02h47
Solenidade reuniu família, amigos, convidados e parte do poder legislativo numa honraria que tem como autores o ex-vereador Domingos de Cristália e o vereador Ronaldo Silva.
História de luta, dedicação e renascimento: destaques na sessão solene de entrega do título de cidadã petrolinense à jornalista Mônia Ramos

Mônia com os vereadores após a sessão solene

Uma manhã marcada por emoção e reconhecimento do trabalho desempenhado pela jornalista Mônia Catiúcia de Oliveira Ramos por Petrolina através de sua profissão. Nascida em Juazeiro/BA, ela passou a ser cidadã petrolinense a partir desta sexta-feira, 11, durante sessão solene realizada na Casa Plínio Amorim.

A homenagem é fruto do projeto de decreto legislativo de autoria do ex-vereador Domingos de Cristália, subscrito pelo vereador Ronaldo Silva. No plenário, a homenagem foi marcada pelas presenças da família da homenageada, amigos, colegas de profissão, vereadores, além do público que compareceu à solenidade presidida pelo vereador Ronaldo Souza (Ronaldo Cancão).

A solenidade teve início com a participação dos músicos Dom Pilé e Emerson Félix que foram levar através de sua arte, os parabéns à Mônia Ramos, numa saudação à amizade.

Para o ex-vereador Domingos de Cristália, um dos autores da homenagem, a honra de destinar uma das mais importantes condecorações do poder legislativo à Mônia, era toda dele. Domingos lembrou das muitas vezes que a jornalista Mônia Ramos esteve em sua comunidade, Izacolandia, para atender um pedido seu e relatar problemas da localidade através do Programa Nossa Voz, Rádio Grande Rio FM, onde a homenageada trabalhou por alguns anos.

“Conheço Mônia há muitos anos, fazendo jornalismo e jornalismo sério, fazendo aquilo que as pessoas desejam. Nesses meses em que convivemos juntos aqui na Casa, nos aproximamos ainda mais e vi o quanto você é merecedora desta homenagem. Continue assim, sem medo da verdade”, disse Domingos.

O vereador Ronaldo Silva relatou a convivência com a homenageada e portanto, jamais deixaria de subscrever o PDL para a concessão do título de cidadania petrolinense à jornalista Mônia Ramos. “Queria parabenizar o colega Domingos de Cristália que teve essa ideia primeiro que eu, por isso pedi a ele para subscrever o projeto em respeito à nossa amizade. Você é do convívio de nossa família. Lembro dos dias de sufoco que passamos e foram muitas as orações. Nós pedimos que Deus lhe devolvesse ao nosso convívio e foi isso que fiz”, declarou Ronaldo.

O presidente da sessão solene, Ronaldo Souza, também usou a palavra para parabenizar a jornalista homenageada.

“Da infância em Valente até chegar à Petrolina, para atuar profissionalmente, Mônia teve em Dadau (Adalberto Barbosa), sua primeira mão amiga. Posteriormente foi acolhida por Dona Ana Amélia Lemos para atuar no Sistema Grande Rio de Comunicação no projeto comandado pelo amiga, a radialista Neya Gonçalves. Tem esse reconhecimento pelo trabalho e dedicação. Teve 10 dias numa UTI e Petrolina inteira rezava pelo seu pleno restabelecimento. Você é merecedora desse reconhecimento. Petrolina reconhece os serviços que você presta a nossa cidade. Você agora ganha essa certidão de nascimento. O rio São Francisco lhe acolhe e Deus lhe devolveu a vida”, discursou Cancão.

Em sua fala, Mônia frisou que foi no tempo de Nossa Voz, da Rádio Grane Rio FM que viveu Petrolina com mais intensidade, apesar de antes já ter uma carreira consolidada em assessoria de comunicação e no jornalismo impresso. “Foram anos de muita história e sempre torcemos para que elas não existam. Muitas vezes entrei no ar quase chorando para dar uma notícia triste e me perguntava sempre, porque decidi ser jornalista, porque são muitos os desafios que enfrentamos para ajudar a sociedade ser mais apoiada e mais assistida. Então que honra ser reconhecida como filha da terra dos impossíveis, das oportunidades. Agradeço esse momento especial a meu irmão Marcelo que me ensinou de ser gente e que hoje me deu um dos maiores amores da minha vida, Pedro, meu sobrinho”, relatou.

Aos autores da homenagem, Domingos de Cristália e Ronaldo Silva, Mônia agradeceu. “Eu não tenho palavras, só gratidão. Agradeço a você, Ronaldo e você, Cristália. Também aos amigos, colegas de profissão e ao povo de Petrolina que chancelou esse título”.

DEDICAÇÃO

Aero Cruz, vereador que integra um grupo que Mônia também muito aprecia que são os motociclistas. “Esse reconhecimento dedico a todos os profissionais de comunicação de nossa cidade e estendo aos motociclistas que você tão bem representa também em nosso Moto Chico”, disse Aero.

Para o irmão de Aero, o vereador Alvorlande Cruz, Mônia conquista da Casa que é a caixa de ressonância da sociedade que realmente consolida quem trabalha.

“Falar hoje de Mônia é dizer que ela hoje representa outros grandes como Juarez Farias, Cachoeira, Carlos Augusto Amariz, que entra nesse roll de talentos”, registrou Alvorlande. Para o líder da oposição, vereador Paulo Valgueiro que trouxe Mônia Ramos para assessor a bancada oposicionista, essa é uma homenagem à seriedade e dedicação que Mônia dedica a profissão.

“Mônia demonstra que faz com grande dedicação a sua arte, a sua profissão. Deus quis pegar na sua mão e lhe levar, mas cochicharam no ouvido Dele que sua missão ainda tinha que continuar e Ele lhe trouxe volta. Felicidade e é um prazer tê-la na minha equipe”, constatou o atual chefe da jornalista.

O primeiro chefe, Adalberto Dadau Barbosa, também deixou seu registro em homenagem a ‘pupila’. “Eu digo a Mônia que a doença veio para lhe trazer de volta e estou feliz por fazer parte desse seu dia especial”, salientou. Colega de ‘batente de muitos anos’, a jornalista e radialista Karine Paixão, que é madrinha de Ana Lua Ramos, filha de Mônia, e que tem a homenageada como sua madrinha de casamento, lembrou dos momentos ao lado da amiga e de como foi a angústia ao saber que a companheira de tantos momentos estava numa UTI.

“A gente não se ver muito, mas a minha relação com Mônia foi num momento de ruptura pessoal das duas uma ajudou a outra naquele momento. Quando terminamos esse dia de muita conversa e descobertas da vida de um e de outra, vi que tinha encontrado ali uma irmã”, detalhou Karine. A chefe de ambas, a radialista Neya Gonçalves falou da convivência com a Mônia amiga e profissional de muitos 'furos' para o Nossa Voz.

“Eu conheci Mônia já fazendo assessoria e depois ela chegou na TV Grande Rio. Saiu e pouco tempo chegou à Radio Grande Rio FM e começamos já esse nosso formato com um programa só formado por mulheres. Ela foi muito bem vinda e foi lá que ela passou a ser Mônia Ramos, o nome de batismo do Nossa Voz e de Petrolina e deu sua grande contribuição”, relembrou Neya.

O radialista Claudio Farias tem a homenageada como parte de sua família e conhece bem a amiga que recebeu agora o título de cidadã petrolinense. “Tem uma frase que diz, só os fortes sobrevivem. E Mônia é isso, forte e competente”.

O pai, Nelton Ramos, agradeceu ao povo de Petrolina pela homenagem dada à filha. “Agradeço ao povo de Petrolina e Juazeiro por ter abraçado com tanto carinho essa filha que já me deu trabalho ao nascer, quando foi tirada a ferro. É uma filha disposta a brigar pela vida. Enfrentou e venceu e estar vencendo todas as dificuldades que tem encontrado na vida e vai vencer, porque você é forte. Eu só tenho a agradecer aos senhores e as senhoras que representam a sociedade de Petrolina”, registrou Seu Nelton.

Estiveram presentes ainda e parabenizaram Mônia na sessão solene, os vereadores Elismar Gonçalves, Cícero Freire, Gilmar Santos, Rodrigo Araújo, Maria Elena e Cristina Costa. O assessor Ricardo Rocha que representou o deputado federal Fernando Monteiro e os advogados Julio Lóssio Filho e Dr Arthur, convidados da jornalista.

 

 

 

 

Por Cinara Marques

Foto: Jean Brito

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.