Momento histórico e de homenagens marcam sessão solene do Dia Internacional da Mulher na Câmara de Petrolina

por Natalia publicado 13/03/2019 11h15, última modificação 13/03/2019 11h15
No ato, foram instaladas oficialmente a Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, a Patrulha da Mulher Maria da Penha e a denominação da tribuna da Casa como Tribuna Livre Vereadora Isabel Cristina, em homenagem a ex-parlamentar que também foi deputada estadual e que teve papel de destaque na Casa nas políticas de proteção e defesa de direitos das mulheres petrolinenses

Uma sessão marcada por lembranças de lutas, conquistas e muitas cobranças para que a mulher possa ser do jeito que deseja ser. O momento ocorreu nesta terça-feira, 12, durante sessão solene proposta pela vereadora Cristina Costa, PT, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher comemorado dia 8, e a instalação oficial da Comissão Permanente da Defesa dos Direitos da Mulher da Câmara de Vereadores de Petrolina, no sertão pernambucano.

Mulheres de diversos segmentos foram homenageadas. "Estamos mostrando que somos fortes, unidas e queremos contribuir cada vez mais para sermos as protagonistas que somos de fato e de direito. É uma data que marca a história desta Casa que a Comissão da Mulher é a primeira dentre os 184 municípios pernambucanos, o que nos honra. Esse será um espaço importante de ações, de opiniões com combate à violência contra a mulher, demandas de nossa luta e de nossa atuação", disse Cristina que preside a mais nova comissão da Casa, a pioneira dos legislativos municipais pernambucanos.

"Quero agradecer e reconhecer ainda a atuação do prefeito Miguel Coelh pelo compromisso com as mulheres de Petrolina ao sancionar e colocar em prática a Patrulha Maria da Penha", destacou Cristina.

A vereadora Maria Elena de Alencar, PRTB, relatora do colegiado, lembrou que a tradição da Câmara de Vereadores de Petrolina sempre foi de aprovar e atuar em defesa da mulher e de seus direitos. Maria Elena elogiou a iniciativa da colega Cristina Costa, frisando ser louvável a chegada da necessária Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher para fortalecer as pautas da mulher petrolinense.

"A criação desta Comissão sempre foi uma discussão antiga nesta Casa. O ano passado, eu estava licenciada e Cristina apresentou o projeto de lei e conseguiu aprovar a sua criação, mas não foi instalada. Esse ano, conversei com o presidente, pressionei para que a gente pudesse iniciar os trabalhos e hoje estamos aqui, iniciando nossas atividades. Vamos trabalhar juntas com os outros dois colegas que integram a Comissão, o vereador Paulo Valgueiro e Pastor Alex e com todos os demais vereadores. Essa história de fortalecimento das políticas voltadas para as mulheres, vem de longas datas aqui nesta Casa. Como vereadora, temos várias pautas nesse sentido como a Lei Maria da Penha vai à Escola, a nossa luta como representante deste parlamento para a implantação da Vara da Violência Doméstica, uma demanda nossa e que encontrou força em nível estadual através do deputado Lucas Ramos, o Chapéu de Palha Mulher, entre outras tantas lutas que trouxemos e que conseguimos encampar", disse a relatora da Comissão da Mulher da Câmara de Petrolina.

A relatora acrescentou também que são várias as pautas de trabalho que virão para dentro da Comissão, mas ela frisa que a voz da mulher sempre esteve presente na Câmara. Ela lembrou que a Patrulha Maria da Penha teve a real importância por parte do prefeito Miguel Coelho, que mostrou não existir nenhuma retaliação, pois a lei veio de uma vereadora da oposição, mas ele deu e implantou todas as condições para que ação fosse colocada logo em prática.

"O prefeito teve o papel preponderante para que a Patrulha Maria da Penha ou a Patrulha da Mulher tivesse as condições para que essa viatura fosse para as ruas dentro do que preconiza as ações da Lei. E assim atuamos, lembrando que são várias politias públicas que passaram pela nossa voz ao longo desses cinco mandatos aqui na Casa, numa cadeia que agora fechamos com essa Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher que veio para fortalecer todas as lutas que chegarem aqui seja pelo movimento organizado de mulheres ou pelo próprio governo", acrescentou a vereadora Maria Elena.

Os homens do novo colegiado confirmam a importância do momento solene e do inicio das atividades parlamentares da nova comissão permanente da Casa Plínio Amorim. "Fazer parte dessa Comissão para mim é uma honra", frisou o Pastor Alex que parabenizou a prisão nesta terça dos suspeitos da vereadora Marielle Franco, assassinada há quase um ano no Rio de Janeiro e símbolo de luta e de proteção aos que mais precisam.

"A gente jamais espera isso e de policiais muito menos", lamentou o vereador que será suplente do novo colegiado. Para o líder da oposição, vereador Paulo Valgueiro, secretário do colegiado, integrar a Comissão da Mulher veio para tornar ainda mais importante o seu mandato parlamentar.

"É gratificante fazer parte dessa Comissão e esse vai fechar com chave de ouro o meu trabalho como parlamentar. No meu gabinete, inclusive, as mulheres são maioria. Elas sempre fizeram parte da minha vida, tenho duas filhas, um exemplo que é minha mãe, e minha esposa. Será muito compensador fazer parte e levar essas ações para fora das estruturas da Casa Plínio Amorim", finalizou o emedebista.

TRIBUNNA LIVRE ISABEL CRISTINA

Também durante a sessão solene desta terça em homenagem às mulheres, a Mesa Diretora da Câmara Municipal oficializou o nome da tribuna da Casa como Tribuna Livre Vereadora Isabel Cristina, projeto de resolução da vereadora Cristina Costa em homenagem a ex-parlamentar e ex-deputada Isabel Cristina, símbolo de lutas em defesa das mulheres. A placa foi descerrada pela autora da lei, familiares de Isabel Cristina e o presidente vereador Osório Siqueira, PSB.

Os vereadores homenagearam ainda, cada um, duas mulheres que escolheram como representantes das homenagens do mês da mulher para as petrolinenses, concedendo a Medalha de Honra ao Mérito Josepha Coelho.

"Esta casa sempre fez história, essa tribuna tem histórico da defesa dos mais humildes da sociedade. Parabéns Cristina por homenagear a grande guerreira Isabel Cristina. Parabenizo a todas a mulheres que contribuíram para o crescimento de Petrolina e às vereadoras Cristina e Maria Elena que tiveram papel importante para esse momento", disse o vereador Ronaldo Cancão, PTB, primeiro vice-presidente da Casa e que falou em nome da Mesa Diretora do legislativo petrolinene durante as homenagens da Casa no Dia da Mulher.

Por Cinara Marques 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.