Sessão desta quinta tem projetos, indicações e requerimentos sobre Segurança Pública e Educação

por Waldiney Passos publicado 02/05/2019 05h01, última modificação 02/05/2019 05h01

A sessão desta quinta-feira, 2, da Câmara de Vereadores de Petrolina/PE, vem com uma pauta extensa e entre os requerimentos que serão votados, o vereador Ronaldo Cancão solicita ao presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), deputado estadual Eriberto Medeiros, uma audiência pública da Frente Parlamentar de Segurança Pública da Assembleia Legislativa em Petrolina-PE. Segundo Ronaldo que ocupa também a primeira vice-presidência da Mesa Diretora da Casa Plínio Amorim, a sua solicitação ao presidente da Alepe, vem no momento em que a Frente Parlamentar foi instalada dia 9 de abril e já iniciou suas sessões itinerantes.

“A Frente pretende debater a questão da segurança pública com representante do Estado e da Sociedade Civil, e por conta disso, começou a realizar audiências públicas em algumas regiões do Estado, por isso gostaria que fosse realizada uma audiência pública em Petrolina abrangendo toda a região do Vale do São Francisco”, argumentou Ronaldo Cancão.

 Ainda na pauta dos requerimentos, a vereadora Cristina Costa solicita ao prefeito Miguel Coelho, informações acerca do Projeto de Lei de Reformulação do Conselho Municipal de Educação. Já o líder da oposição Paulo Valgueiro, apresenta Moção de Aplausos ao projeto Mães Produtivas da Uninassau Petrolina pelo Projeto Mães Produtivas (EAD Social). O projeto e desenvolvido por meio do Instituto Ser Educacional em parceira com a Ong Aliança de Mães e Famílias Raras (AMAR) e visa oferecer formação superior de graça à mães de crianças especiais.

A vereadora Maria Elena de Alencar, apresenta requerimento onde solicita ao prefeito Miguel Coelho que interceda junto ao Chefe de Serviços da Unidade local do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) Petrolina, Leandro Miranda Teixeira, para que seja providenciada a regularização do acesso à via marginal da Avenida Sete de Setembro, na altura do bairro Vila Eulália.

Outro requerimento de Maria Elena é direcionado à secretária de Educação, Margareth Zaponi. A vereadora solicita um espaço inclusivo na Biblioteca Municipal Cid Carvalho para portadores de deficiências, como os autistas para “que lhes assegurem instrumentos hábeis a superar os limites impostos pela deficiência”, justificou a vereadora.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.