Vereadores aprovam moção de repúdio pela exoneração do comandante do 5ºBPM, Isaac Guerra

por paulo — publicado 27/10/2015 23h49, última modificação 20/09/2016 11h22
A moção, de autoria do vereador Adalberto Bruno (Betão)

Na sessão desta terça (27), na Casa Plínio Amorim, foi aprovada uma moção de repúdio ao Secretário de Segurança Pública do Governo do Estado, Alessandro Carvalho e ao Comandante Geral da Polícia Militar de Pernambuco, Antonio Francisco Pereira Neto, pelas exonerações do comandante do 5º BPM, Conoel Isaac Guerra e do delegado seccional de Petrolina, José Renilvaldo Silva, ocorridas na última sexta-feira (23).

 

A moção, de autoria do vereador Adalberto Bruno (Betão), foi aprovada após muitas opiniões divergentes. A indicação, obteve apenas três votos favoráveis: Betão, autor do moção, Cristina Costa e Geraldo da Acerola; outros nove vereadores presentes na sessão, se abstiveram de votar, alegando não ser de competência da câmara de vereadores opinar sobre nomeação ou exoneração de cargo comissionado do Governo do Estado.

Na última segunda-feira (26), lideranças comunitárias e alguns vereadores, protestaram em frente ao 5º Batalhão de Polícia Militar em Petrolina, na tentativa de sensibilizar o comando da PM e, que  Isaac Guerra fosse mantido no comando do batalhão, o que não aconteceu.