Despedida do vereador Zé Batista marca dia histórico e é prestigiada pelo prefeito reeleito Miguel Coelho

por Waldiney Passos publicado 09/12/2020 15h20, última modificação 09/12/2020 15h20
Colegas de bancada, amigos, funcionários, público que costuma prestigiar as sessões plenárias da Casa Plínio Amorim, foram acompanhar a passagem do legado do pai que se despede da missão parlamentar para o filho, o vereador eleito Wenderson Batista que assume a caminhada a partir de janeiro de 2021.

Um momento histórico numa sessão plenária emblemática. Foi essa a marca do reencontro do vereador licenciado José Batista da Gama, PDT, 32 anos de legislativo, 5 mandatos, com o plenário da Câmara de Vereadores de Petrolina-PE, nesta terça, 8-12, para a sua despedida do legislativo petrolinense.

O momento especial contou com a presença de todos os 23 vereadores da atual legislatura, de alguns eleitos, a exemplo do filho do veterano da Casa Plínio Amorim, o vereador eleito Wenderson Batista, e do prefeito reeleito, Miguel Coelho que fez questão de ir à Casa Plínio Amorim, participar do momento histórico do legislativo petrolinense, onde ele, assim como Wenderson dará, estar na missão iniciada pelo pai, o senador Fernando Bezerra Coelho, MDB, que administrou Petrolina por tres oportunidades.

"A responsabilidade do vereador Zé Batista sei vai continuar neste novo capítulo de sua vida e será honrada. Desejo sucesso, serenidade, calma a você, Wenderson", aconselhou Miguel em um dos trechos do seu discurso na tribuna na homenagem ao aliado que se despedia e o outro que entra para acompanhar a gestão como membro da bancada do governo no poder legislativo municipal.

LEGADO

O legado de Zé Batista agora será conduzido pelo filho, o vereador eleito Wenderson Batista, DEM, que conquistou 3011 votos dia 15 de novembro, numa eleição considerada por ele, difícil, mas que a história política do pai foi honrada e o ajudou na conquista do primeiro mandato

"A fala dele resume tudo. É a primeira eleição minha, mas já vivi outras 8 do meu pai. É uma empolgação com responsabilidade e com relação a essa  euforia da vitória, pra gente não tem nada novo, por que já vivi, mas tem vontade de trabalhar, de continuar esse legado a qual Zé Batista construiu ao longo desses 32 anos e, claro, dá uma roupagem nova aqui na Casa. Sem cultura de sexo dos anjos, sem perder tempo com frutrIca. Este não será o meu papel"., disse o conhecido 'Pé de Galo'.

Wenderson já avisou que não será notícia que "não presta" na Camara para a imprensa "Tenho um amor infinito pelo meu pai, vou respeitar todos os ensinamentos dele, tenho um amor infinito por essa cidade, e neste sentindo, pode ter certeza, serei capas de notícia, não vim para buscar benfeitoria para mim, náo estou aqui para brincar. Quero me juntar aos pares, os que tem proposta, não as 'alma sebosa' que a gente sabe que em todo canto tem. Vamos sempre precisar no crescimento de Petrolina, por esta é uma cidade exigente", complementou Wenderson Batista.

CONSELHO DE PAI

O veterano vereador José Batista da Gama aconselha a caminhada de Wenderson.

"Sempre falo a importância de ter serenidade e muito respeito aos pares. Dizem que respeito tem quem respeito d[a. Como ele sempre me acompanha desde os 10 anos de idade, sabe o meu estilo como é, nunca entrei aqui em discussão pessoal com ninguém, sempre respeitei e acredito que vá seguir o mesmo caminho", declarou Zé Batista.

Deixa o poder legislativo, mas a política é parte de sua vida e portanto, o vereador aposentado a partir de 31 de dezembro, já tem outras missões a cumprir, além de continuar nos bastidores, orientando o filho no que for preciso durante o seu mandato, dando continuidade a sua história na Casa Plínio Amorim.

"Vamos continuar sempre buscando resolver os problemas. Politica para mim é um arte, um esporte, eu gosto, o servir para mim me faz bem. Vou ajudar Wenderson nos bastidores como também a nossa liderança que é capitaneada pelo senador Fernando Bezerra Coelho e a nova liderança que surge em Pernambuco que é Miguel Coelho", revelou o vereador licenciado.

Sobre a sensação de dever cumprido existe, mas Zé Batista vai continuar a busca para resolver os problemas das pessoas, especialmente da população mais carente. Zé também acompanhará de perto a gestão dois de Miguel para realizar mais ações sociais e o interior de Petrolina.

"Vamos tentar solucionar determinadas demandas que surgem, sobretudo com as pessoas e os bairros mais carentes de Petrolina, a exemplo da Vila Chocolate, da Vila Dilma, do Jardim Petrópolis, áreas que estamos sempre em contato com as lideranças para procurar resolver esses problemas. E acredito que o segundo governo de Miguel continuara com essa mesma pegada na infraestrutura, mas deve olhar muito pelo social,  crianças, idosos, açoes na ed e sem deixar de olhar maiúsculo  para o interior para atender os agricultores familiares e sua famílias que estão sempre carentes de uma palavra amiga e de uma ação estruturadora que venha melhorar a sua cadeia produtiva", finalizou José Batista da Gama.

 

 

 

 

 

Por Cinara Marques

Fotos: Jean Brito-divulgação

error while rendering plone.comments