Atualizado em: 30 de novembro de 2023 às 12:57h
Encontre o que você precisa aqui:

Autor: Nilzete Brito

Câmara de Petrolina homenageia Comunidade Surda pelos 20 anos da Lei de reconhecimento da linguagem de sinais no Brasil

A Câmara Municipal de Petrolina realizou na Sessão desta terça-feira (26), uma homenagem à Comunidade Surda em comemoração aos 20 anos da Lei de Reconhecimento da Língua Brasileira de Sinais (Libras) como meio legal de comunicação e expressão, celebrados no dia 24 de abril. Durante a Sessão Plenária, a Câmara recebeu na Tribuna a Líder […]

27/04/2022 11h56 Atualizado há 2 anos atrás

A Câmara Municipal de Petrolina realizou na Sessão desta terça-feira (26), uma homenagem à Comunidade Surda em comemoração aos 20 anos da Lei de Reconhecimento da Língua Brasileira de Sinais (Libras) como meio legal de comunicação e expressão, celebrados no dia 24 de abril. Durante a Sessão Plenária, a Câmara recebeu na Tribuna a Líder da Comunidade Surda em Petrolina, Carmela de Cássia de Brito Correia, e entregou, em nome de todos os vereadores, um Certificado de Reconhecimento pela data.

Em sua participação, Carmela se comunicou por meio de Libras, acompanhada pelo intérprete da Casa, Valdir Vieira, e agradeceu a homenagem. “Estou muito grata pela atenção que a Câmara de Vereadores teve sobre a nossa comemoração da Lei de Libras (Lei nº. 10.436/2002) que oficializa a nossa língua como uma língua oficial no nosso país. […] Essa língua é o nosso orgulho, é o orgulho da nossa comunidade surda”, declarou.

Na ocasião, o presidente da Casa, vereador Aero Cruz, declarou que se sente feliz com o fato de a Câmara de Petrolina ser uma das Casas Legislativas que possuem intérprete de Libras no Estado de Pernambuco. No ato da entrega da homenagem, o presidente reforçou que esta é uma iniciativa de toda a Casa e enfatizou a indicação de sua autoria, apresentada nesta terça-feira, que solicita a criação de uma Central de Libras na cidade.

Ao final, Carmela pediu o apoio dos vereadores para cobrar que as leis de acessibilidade sejam aplicadas. “Eu fui assaltada e não sabia o que fazer, como que eu ia ligar para a polícia? O SAMU também é uma grande dificuldade. […] Isso já está na Lei, mas nesses 20 anos não está sendo cumprido. Estamos lutando com perseverança para que essas leis sejam cumpridas, a gente precisa que haja acessibilidade nos locais públicos. Contamos com o apoio de vocês”, finalizou.

A homenagem foi transmitida no Canal do YouTube da Câmara de Petrolina e pode ser assistida pelo link: